Estudante de Direito é selecionado para estudar em Portugal


16/06/2013 22h45 - Atualizado em 09/09/2020 às 02h18
context/imageCaption

Lucas Soares, estudante do curso de Direito selecionado pelo Programa Luso-brasileiras

Ricardo Amaral - Estudante de Jornalismo

O Programa Luso – brasileiras tem como objetivo a troca de conhecimentos entre ambos os países (Brasil e Portugal), potencializando as relações acadêmicas. O curso de Direito foi mais uma vez agraciado pela sua competência, com a escolha de um estudante para o intercâmbio. Lucas Soares está no seu 7º (sétimo) período da Universidade, e desde muito cedo, com participação efetiva nas áreas de Pesquisa/Extensão, escolhas que foram importantes e decisivas para ser selecionado pelo Programa.

Expectativa para o intercâmbio em Portugal:

“As expectativas são as melhores. Espero que a experiência intercambista represente um ganho cultural e pessoal imenso. É outra cultura, sotaque, universidade, continente. Levo uma bagagem de conhecimento e sei que vou receber outra muito maior. O maior desafio, no entanto, é que na volta consiga revertê-lo, como um ganho coletivo para a FDA”.

Lucas Soares também ressalta seu interesse pelo intercâmbio “Só não tinha certeza se antes ou depois da graduação. A oportunidade de Portugal saiu pelo lançamento do edital, reforçada pela facilidade da língua”.

Importância para sua vida acadêmica e como o conhecimento adquirido na FDA contribuirá para sua adaptação no Programa:

“A importância do intercâmbio vai ser bem grande na minha vida acadêmica. Desde 2010, quando ingressei na UFAL, participei de atividades de pesquisa, extensão e do movimento estudantil. O que mais me motivou à experiência intercambista foi à participação no Núcleo de Estudos em Direito Internacional e Meio Ambiente, coordenado pelas professoras Doutoras Alessandra Marchioni e Graça Gurgel. A intenção é que, durante o próximo semestre, eu aprofunde os estudos em "megacidades, crises econômicas e globalização" na perspectiva do Direito Internacional, para que inicie um projeto de pesquisa por aqui e dê prosseguimento na Universidade do Porto, como forma de manter o perfil pesquisador, mantendo o contato com o grupo de pesquisa aqui em Alagoas”, afirmou Lucas.

Agradecimentos:

"Meus agradecimentos calorosos, chorosos e poderosos à Isabel e ao Lawrence (por serem os melhores amigos que um ser humano pode ter, à Alessandra e à Graça (melhores orientadoras da FDA) e aos sempre presentes Emmanuel, Túlio, Ana,  Renato,  Larissa, Júlia e Antônio. Levo também para Portugal um pedaço de CAGM, de NEDIMA, de Além do Mito, de FENED, e da FDA".
"Meu agradecimento especial às mulheres da Coopvila e ao CEASB".

Após aprovação pelo colegiado do curso de Direito e, pela Assessoria de Intercâmbio, Lucas será encaminhado à universidade de destino em Portugal no primeiro semestre de 2014. No país Lusitano, o estudante poderá contribuir com suas Pesquisas e Extensão, adquirindo um enorme conhecimento para sua vida acadêmica.